Tentativa de redenção do tempo perdido com trâmites burocráticos

(antes que seja preciso buscá-los
pôr-me em busca)

Factum:
Eu preciso de um comprovante de residência em três vias xerocado em meu nome ou de um cônjuge ou de parente em primeiro grau ou de um parente em segundo grau neste caso anexado a uma procuração que ateste a minha residência.

Factum dois:
Eu tenho um velho de Niterói
Eu tenho um novo em nome da minha avó
Não prestam.

Mas senhora eu moro metade do tempo em
um pensionato em Niterói
metade do tempo com a minha avó aqui em Copacabana
Não prestam.

é mentira eu moro só e
agora
eu me inventei um fantasma
da minha avó ainda viva

ela vai vagar solitária
com um bordado e a tevê ligada
talvez tímida
talvez furiosa
talvez lúcida
talvez já senil
derrubando pratos
arrancando os cantos com as unhas
arrastando chinelos
arremessando os copos
pelo apartamento
de Copacabana e de mim

(Na cabeça da atendente
que me negou a luz
agora na minha
em muitas
cabeças
a vó.

vivo só
mas com o nome dos outros
as certidões, os atestados, as cinco vias a xerox autenticada
todos falsos:
a verdade teriam de ver com seus próprios olhos
preguiçosos

a palavra nunca nos bastou
senão jurada
com jurisprudência nos autos
em jurisdição pública
o juízo é fundamental e
às vezes é melhor ficar calado.